Home » » Noite Longa... ( Parte I )

Noite Longa... ( Parte I )


Saiu de casa às seis da tarde...
White jeans, justos, provocantes... Top verde/dourado com decote profundo que despertava olhares sedentos de tocar aqueles seios avantajados.
No corpo, um perfume quente, forte... elixir que alimentava pensamentos mais perversos. No coração uma saudade descontrolada completava na perfeição o desejo intenso que lhe consumia o corpo...
Na mente apenas um pensamento: esta iria ser uma noite para ficar na memória.
Poucos kms os separava, 20 minutos de viagem e finalmente a troca do primeiro olhar...
Soltou-se o primeiro beijo de bocas abertas e línguas frenéticas, enquanto os braços musculados a envolviam com tamanha intensidade. De tão desejada se sentir, arrepiou-se num espasmo de prazer.
A noite começara naquele preciso instante...
Jantaram num restaurante chique, na mesa do canto, numa sala semi-iluminada, velas vermelhas à mesa e um bom vinho verde a acompanhar a refeição.
- Nem imaginas as loucuras que hoje quero fazer contigo! - disse ele de forma convicta.
- Vá tenta-me... Sim... Quero...
Por volta das 22h saíram do restaurante e já no carro beijaram-se de forma sôfrega!
As mãos começaram a descer até encontrarem os sexos húmidos e inchados... soltaram-se gemidos de olhos fechados, de línguas entrelaçadas, de corpos colados, de dedos que a penetravam com força...
- Estás quente, deixas-me entrar em ti?
- Deixo sim, deixo que me seduzas, que me devores, que nos transformes num só ser...
- Hum, antes de me perder em ti, dá-me só uns minutos, tenho um sitio ideal para nós!
A pequena viagem foi alucinante... enquanto ele tentava conduzir, ela deslizava a boca no seu sexo firme. Sugava-o com tanta intensidade que ele a cada minuto que passava era obrigado a parar...
Chegados ao destino pretendido, uniram os seus corpos num abraço... Tocaram-se, beijaram-se com sorrisos estampados no rosto... sentiam-se tão felizes...
Os olhos brilhavam enquanto as mãos acompanhavam as curtas recônditas de cada corpo, num ritual digno de sedução...
- Que corpo tu tens, és perfeito... musculado...alto...macio...
- Este corpo é só teu minha deusa Afrodite...
Em silêncio os seus lábios passearam pelos seios agora nus! Aquele corpo era a sua doce loucura...
As mãos poisaram no seu pénis erecto... e assim se foram despindo na totalidade.
Agora podiam misturar os seus suores, os seus perfumes, o sabor das suas peles...
Completamente nu, abriu a porta do carro e convidou-a gentilmente a sair também... afinal aquele era um sítio mágico, onde o silêncio se misturava com os sons de animais noctívagos que repousavam em redor da lagoa. O vento era quente, a lua estava quase cheia, a noite calma e serena...
Deixou que a água da lagoa lhe beijasse os pés, enquanto ele lhe beijava em simultâneo as costas suadas com beijos quentes, longos e intensos...
Lentamente abriu-lhe as pernas e saciou a sede com a água oferecida pela sua vagina.
Invadiu-a com a língua, com dois dedos, com imaginação e sabedoria...
Encostou-a contra o carro e aí a luxúria invadiu aquele espaço com movimentos frenéticos, gemidos intensos e corpos que ardiam de desejo e vontade...
- Devora-me agora, quero-te dentro de mim!
E assim a devorou com paixão, com amor, com tesão...
Aquele membro grosso e duro estava agora completamente enterrado na sua carne, penetrando-a com fervor, com vontade, como uma avalanche de fúria para depois acalmar em silêncio!

(continua)
 
Support : Copyright © 2015. Fotos Reaisdees Posas - All Rights Reserved